15 abril 2014

RECEITA - ESCONDIDINHO DE CARNE SECA RÁPIDO

0 comentários
Fiz essa receita no fim de semana e foi tão fácil e rápido e o resultado ficou tão bom que eu tinha que dividir com vocês! Amo escondidinho, mas a última vez q eu tinha tentado fazer do zero cozinhando e desfiando a carne seca e preparando a mandioca demorou e deu tanto trabalho que eu tinha pegado trauma, até que essa semana vi duas embalagens da Vapsa na minha dispensa, a carne seca já desfiada e a mandioca cozida, aí pensei, bom vou tentar! Fiquei meio com o pé atrás com a carne, medo de não ter gosto de nada ou aquele gosto de carne processada, mas pelo contrário, era uma delícia e o melhor, facílimo de fazer, foi só refogar. Alias a receita toda é muito fácil e rápida, montei tudo em 15 minutos e na hora de servir só coloquei para gratinar no forno por mais 10 minutos, até quem não tem muita intimidade na cozinha vai conseguir fazer, vocês vão ver.


Ingredientes

-1 pacote de carne seca Vapsa
-1 pacote de mandioca cozida Vapsa
-2 colher de sopa de manteiga
-100g de queijo ralado (usei muçarela, mas pode ser coalho ou qualquer outro de sua preferencia)
-5 colheres de requeijão
-1 cebola média picada
-sal e pimenta a gosto
-meia caixa de creme de leite
-leite

Modo de preparo:
Derreta metade da manteiga em uma panela e refogue a cebola até que ela fique transparente, então adicione o conteúdo do pacote da carne e cozinhe até que o líquido seque, acrescente sal e pimenta a gosto, mais cuidado que a carne já vem levemente salgada, eu não achei necessário colocar.




Enquanto isso preparei a mandioca como manda a embalagem: fiz furos com um garfo na embalagem e levei ao microondas por 5 minutos.

Então leve até uma panela, amasse e acrescente o creme de leite, uma colher de sopa de manteiga, sal e leite e mexa até obter o ponto desejado.

Então é só montar. Comece com uma camada do purê de mandioca, depois a carne, o requeijão e novamente o purê de mandioca. Cubra com o queijo e leve ao forno para gratinar .




E olha só o resultado!
 
Mais uma, agora de dentro pra vocês verem que delícia!!

 Fácil demais, né?!

11 abril 2014

LOOK - FRIDAY NIGHT

0 comentários
Faz tempo que não posto look,s né, então aqui vai um para inspirar nessa sexta perfeito para sair pra jantar! Saia godê mais regatinha de malha e saltão! Gostaram?





Saia: Bershka
Regata: SpaçoArt
Sandália: Zara
Bolsa: Balenciaga

YUCATAN - RODÍZIO MEXICANO EM SÃO PAULO

0 comentários
Sei que esse blog ta quase monotemático quando se trata dos posts de gastronomia, mas ando numa fase tão viciada em comida mexicana que sempre me pego desejando e acabo indo comer ou mesmo fazendo em casa, tipo aqui e aqui. E devido a esse "vicio" achei justo falar do restaurante mexicano que eu mais gosto em SP, o Yucatan! Antes que me critiquem, nunca fui para o México e nem entendo muito dessa culinária, não sei se o Yucatan serve uma comida fielmente mexicana, se é tex mex ou mesmo se é uma adaptação brasileira, só sei que amo o rodizio deles e que pra mim não tem nada mais gostoso que passar um fim de tarde devorando os totopos com os dips deles!



O cardápio do Yucatan é grande, são várias opções a la carte, mas confesso que nunca prestei muita atenção nelas, sempre vou de rodízio pois tem tudo que eu gosto e o preço sai praticamente o mesmo de um prato. Por R$47,90 você pode devorar totopos, sour cream, pasta de feijão, pico de galo, guacamole, tacos, taquitos, burritos, quesadillas e chili a vontade, todos esses itens chegam a mesa em etapas numa quantidade boa e caso você deseje é só pedir mais.




Os recheios são simples, mas o que eu adoro no Yucatan é que a carne que acompanha os tacos e burritos não é moida e sim desfiada, é a carne chamada de machaca (tem receita aqui pra quem quiser), acho que da muita diferença na textura e no sabor.

Mas a minha parte preferida do rodízio são os totopos , que nós costumamos chamar de nachos e os taquitos, um rolinho frito recheado de queijo, carne ou frango, que ficam perfeitos com muito sour cream e pico de gallo.




Quem não curte pimenta também pode ir despreocupado, quase não vai pimenta nos pratos e em alguns, como o burrito, você tem a opção de pedir com ou sem. Agora, se você gosta, recomendo muito pedir a pimenta da casa, é uma delícia.

O Yucatan fica na Av. Juscelino Kubitschek, no Itaim, o ambiente é simples, com jeitão de bar e o gostoso é pegar uma das mesas na varanda. De sexta e sábado tem mariachis cantando músicas ao vivo, então se você é avesso a música alta enquanto come, como eu, prefira outros horários.

Yucatan
Av. Juscelino Kubitschek, 393 - Itaim Bibi - SP
( (11) 3846.3505 - Fax: 3045.3177
yucatan@yucatan.com.br

ROTEIRO 8 DIAS EL CALAFATE E PATAGÔNIA

0 comentários
Pra ficar mais fácil a busca pelos posts sobre a Patagônia e também para dar uma dica de roteiro achei legal fazer esse índice com as postagens em ordem cronológica e um resuminho do que eu fiz cada dia nessa minha viagem de fim de ano. Espero que ajude vocês!

Minha viagem durou 16 dias entre El Calafate e Buenos Aires, 8 dias em cada cidade, primeiramente nosso plano na Patagônia era ficar apenas El Calafate no hotel Design Suites El Calafate, mas depois decidimos visitar Torres del Paine e preferimos pernoitar em Puerto Natales para descansar.


19/12
Chegada em Buenos Aires.
Passeio pelo centro.
Jantar em uma parrilla.


20/12
Voo para El Calafate com atraso de 7 horas no aeroporto.
Chegada em Calafate.
Aluguel do carro.
Hotel Design Suites El Calafate.


21/12
Perito Moreno
Safari Náutico
Look Perito Moreno
Jantar no Los Amigos


22/12
Ida a Torres del Paine pela Ruta 40 - Parte I
Ruta 40 - Parte II
Torres del Paine
Pernoite em Puerto Natales


23/12
Puerto Natales
Volta a Calafate pela Ruta 40
Jantar no Parrilla Mi Viejo


24/12
Manhã no hotel.
Calafate Mountain Park.
Véspera de Natal no La Tratto.


25/12
Laguna Nimez
Tarde no centro.
Almoço no Casimiro Biguá e jantar no Isabel.

26/12
El Chaltén
Tour Glaciar Upsala
Almoço no Pangea.

27/12
Volta na cidade.
E voo para Buenos Aires.

Post extra:
O que vestir em El Calafate

10 abril 2014

PATAGÔNIA - PERNOITE EM PUERTO NATALES

0 comentários
Saímos do Parque Nacional de Torres del Paine no fim da tarde e seguimos direto para Puerto Natales, cidade onde resolvemos pernoitar para voltar mais descansados para El Calafate. A estrada do parque até lá é bem tranquila, praticamente toda asfaltada e muito bem sinalizada, se eu não me engano demoramos cerca de 1 hora e meia da saída do PNTDP pela Portaria Sarmiento até Puerto Natales.



Escolhemos um hotel bem simples, o Hotel Alcázar, afinal era só para um pernoite e não haviam muito mais opções da cidade devido a alta temporada, pois decidimos ficar em Puerto Natales de última hora. O quarto era bem simples, banheiro bem mais ou menos, mas as camas eram quentinhas e confortáveis, para uma noite foi mais que suficiente.


Deixamos as coisas no hotel e pedimos uma recomendação de um restaurante para jantarmos frutos do mar na recepção, nos indicaram o El Marítimo, bem no centro da cidade, onde poderíamos ir a pé.

O restaurante é bem simples, a comida e o preço são ok, uns pratos estavam bons e outros nem tanto, mas na verdade estávamos com tanta fome que comeríamos qualquer coisa aquela hora. Pedimos vários pratos com frutos do mar da região e estava tudo muito fresco, porem o preparo acabou estragando o sabor de alguns.








Na hora de voltar para o hotel quase congelamos e nos detestamos por não ter ido até lá de carro, era perto, mas a temperatura caiu demais, chegou nos graus negativos e ficamos imaginando o que nos esperava no dia seguinte.

Infelizmente a neve não veio, apenas o frio, como a cidade fica na beira do mar o vento que vem dele é muito gelado! Arrumamos as nossas coisas, fizemos checkout no hotel e finalmente fomos conhecer a cidade.




Puerto Natales é uma pequena cidade portuária que serve de base aos visitantes de Torres del Paine, ela fica localizada a 247km de Punta Arenas, às margens do canal Señoret e de frente para a Cordilheira dos Andes. Suas principais atrações, alem do PNTDP, são a Monumento Natural Cueva del Milodón, uma caverna que foi habitada pelo Milodón, um animal pré-histórico, que fica a 25 quilômetros de Puerto Natales e o Parque Nacional dos Glaciares.



Como tínhamos pouco tempo na cidade não visitamos nenhuma atração e resolvemos dar apenas uma volta para conhecer o centro mesmo.
Confesso que não fui muito com a cara de Puerto Natales, as construções são todas de metal e o visual não é dos mais bonitos. O tempo também não ajudou muito pois estava tão frio que eu não tive coragem de ficar mais que alguns minutos fora do carro, nem pra tirar fotos.




A ideia era almoçar e cair na estrada, mas acabamos entrando num mercado - adoro visitar mercados em outros países - e tinha tanta coisa gostosa que optamos por fazer um picnic, mas o frio não permitiu e acabamos comendo no carro mesmo.




Depois caímos na estrada de volta a El Calafate, história que eu já contei aqui e aqui, por isso volto a frisar, não se esqueça de abastecer o carro em Puerto Natales, passamos apuros depois atrás de gasolina, pois no posto da estrada não tinha mais, por isso abasteça SEMPRE que ver um posto, nunca deixe pra depois!

E para quem quer ver mais posts sobre a Patagônia é só clicar aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog da Gelly Copyright © 2012 Design by Cantinho do Blog Blogger Template