24 fevereiro 2014

PATAGÔNIA - RUTA 40 - DE EL CALAFATE A TORRES DEL PAINE - PARTE II

Quinta feira contei para vocês a primeira parte da minha viagem de El Calafate até Torres del Paine através da Ruta 40 e hoje continuo o post contando a continuação do caminho após a entrada no Chile até a chegada no parque.

Terminei o último post contando sobre a passagem pela a alfândega chilena, após a conferencia de passaporte e revista do carro os portões são abertos e você está no vilarejo de Cerro Castillo. Como já estávamos na estrada há 4 horas resolvemos para para comer alguma coisa e o local escolhido foi o El Ovejero, um café/restaurante/lojinha de conveniência/casa de cambio localizado exatamente ao lado do posto da alfândega.



O local é uma graça, como o nome sugere ele tem como tema as ovelhas e elas e outros bichinhos típicos da região são usadas por todas as partes na decoração.


Para o almoço pedimos o especial do dia, uma sopa de legumes e duas empanadas gigantes, saiu menos de 15 reais por pessoa com bebida e ninguém conseguiu comer tudo!


Alguns dos exóticos refrigerantes chilenos.
Aproveitamos também para trocar dinheiro, afinal seria nossa última parada e provavelmente a única casa de câmbio até a entrada do Parque Nacional de Torres del Paine, trocamos dólares por pesos chilenos em uma cotação muito boa e seguimos viagem passando em frente a entrada de Cerro Castillo.

Outra opção de cafeteria em Cerro Castillo.
Após a entrada no Chile percebemos a qualidade das estradas piora bastante, começam aparecer vários buracos, porém não é nada grave, mas por outro lado a paisagem vai ficando cada vez mais bonita conforme vamos nos aproximando do parque.


6km após a fronteira pegamos a saída para Torres del Paine a direita, a outra opção é seguir direto para Puerto Natales, cidade base para quem visita o parque. Poucos quilômetros depois o asfalto acaba e começa uma estrada de terra batida infinitamente melhor que as da Argentina. A partir daí a estrada fica de tirar o fôlego, principalmente quando começamos avistar as torres ao fundo.



Estão realizando algumas obras na estrada, parece que estão preparando para asfalta-la, por conta disso pegamos um pequeno congestionamento de uns 10 minutinhos.

Para entrar no Parque Nacional Torres del Paine dessa estrada você tem duas opções de portarias, a primeira e mais próxima Lago Sarmiento e a segunda, um pouco mais afastada Laguna Amarga. Seguimos a recomendação do blog Felipe, O Pequeno Viajante e optamos pela segunda, considerada mais bonita, e com toda certeza valeu muito a pena andar alguns quilômetros a mais!!







Depois dessas visões surreais chegamos a Portaria Laguna Amarga, onde pagamos a taxa de entrada e entramos oficialmente no parque, mas isso é assunto para o próximo post!

E para quem perdeu a parte 1 desse post é só clicar aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog da Gelly Copyright © 2012 Design by Cantinho do Blog Blogger Template